História

História História O Grupo SETA teve sua origem em 1941, com a fundação da empresa Sociedade Extrativa Tanino de Acácia (cujas iniciais deram origem ao nome SETA), na cidade de Estância Velha. A empresa foi a primeira indústria de tanino de acácia negra do Continente Americano e foi formada por curtidores, liderados pelo Sr. Edvino Leuck.

A SETA surgiu para suprir a demanda de tanino dos curtumes locais passando, posteriormente, a atender todo mercado nacional. Em época de guerra mundial, enfrentando todas as adversidades próprias à situação, os empreendedores começaram a primeira unidade fabril com equipamentos usados, devido à impossibilidade de contar com a indústria nacional e também por não haver condições de importar equipamentos e produtos. Graças ao esmero de seus gestores e a qualidade de seus produtos, a empresa rapidamente passou a atuar no mercado internacional. A produção que começou com 500 quilos/dia, em cinco anos já alcançava 5 toneladas/dia de tanino sólido e líquido.

Com o desenvolvimento dos negócios foi fundada, em maio de 1946, uma filial na cidade de Taquari (RS). A localização geográfica da filial representava uma oportunidade de crescimento futuro, devido ao acesso direto ao Porto de Porto Alegre, de onde saía toda a produção do Estado do Rio Grande do Sul. Na mesma época, adotou-se a denominação S.A. Extrativa Tanino de Acácia, tendo o Sr. Edvino Leuck à frente dos negócios.

Ao longo dos anos 50 surgiu a concorrência de empresas do setor no Brasil, fato saudável para o desenvolvimento do mercado. Rapidamente a produção nacional de tanino tornou-se suficiente para atender a demanda interna.

A modernização dos processos produtivos acentuou-se a partir da década de 70, com a adequação das plantas industriais de Taquari e Estância Velha, para a produção de tanino em pó, granulado e atomizado. Nessa época, a pessoa à frente dos negócios era o Sr. Mario Leuck, filho do Sr. Edvino Leuck. A empresa passou para uma produção de 30.000 ton/ano de tanino, tudo ainda para atender o mercado coureiro.

Em 1987, foi criada uma filial voltada para o desenvolvimento, produção e comercialização de coadjuvantes químicos derivados do tanino e petroquímicos. A empresa, assim, ingressava em outros segmentos da indústria química.

Em 1996, o Sr. Carlos Alfredo Leuck, terceira geração da família Leuck, assumiu o comando dos negócios da empresa. Além de atuar fortemente na reengenharia do negócio, profissionalizando a administração das empresas, o neto de Edvino Leuck acelerou a internacionalização dos negócios, diversificando mercados aos produtos derivados dos taninos de acácia e também dando início ao negócio de exportação de madeira da acácia negra, através da criação, em 1999, de uma joint-venture com a empresa japonesa Mitsubishi Corporation, denominada MITA Ltda, instalada no município de Taquari ao lado da filial da SETA. Com isto, além de ampliar o mercado de madeira de acácia, agregou valor à toda cadeia produtiva, estimulando o produtor e fomentando o cultivo da espécie.

Em 1999, também, foi criada a Acquaquímica Ltda, empresa voltada ao fornecimento de produtos derivados do tanino para outros segmentos industriais, tais como: produção de açúcar e álcool, perfuração de poços de petróleo e também para tratamento de águas de consumo e efluentes, entre outros.

Com o objetivo de fortalecer a competitividade das empresas do Grupo e atender a crescente exigência do mercado global, iniciamos o Programa de Qualidade SETA, que culminou com a certificação ISO 9001 em junho de 1999 para o tanino e, em 2002, para as especialidades químicas. Em 2003 foram também certificadas pela ISO 9001 as especialidades químicas a base de tanino fabricadas pela empresa Acquaquímica Ltda.

Mantendo o objetivo em adotar práticas sustentáveis, em 2004 a MITA Ltda foi certificada pela norma internacional FSC (Forest Stewardship Council). Esta certificação segue rígidos critérios ambientais, sociais e econômicos, possibilitando produzir em regime sustentável através da adoção de práticas ambientalmente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis.

Em setembro de 2008, a produção de especialidades químicas foi transferida para a matriz. Já em novembro de 2009, foram encerradas as atividades da filial SETA de Taquari, e a partir deste momento a empresa investiu na ampliação e modernização do processo produtivo em Estância Velha, que concentrou toda a produção de tanino do Grupo. Com estas mudanças, o Grupo ganhou em produtividade e qualidade de seus processos, possibilitando um atendimento melhor às necessidades dos clientes e do mercado.

Em 2009, a SETA adquire dos sócios japoneses sua participação na MITA, para em seguida iniciar o processo de construção de sua filial em Rio Grande, com o início das operações de produção de cavacos de madeira em 2013. A nova planta passa a utilizar matéria-prima oriunda das florestas da metade sul do Estado, estimulando a economia além de ampliar as possibilidades de negócios.

A atual gestão do Grupo, liderada pela quarta geração da família Leuck, tem por objetivo buscar a expansão dos mercados e a diversificação em novos negócios. Com escritórios na Europa e na Ásia, com representantes e distribuidores em mais de 70 países, o Grupo SETA que, em 2016, completa 75 anos de existência, mantem o compromisso de continuar investindo no desenvolvimento do nosso Estado e na valorização da acacicultura gaúcha.